terça-feira, 5 de março de 2013

O último show

Renato Russo no estádio Mané Garrincha, antes do fatídico show de 1988. Foto: Renato "Barney" Mendonça
Hoje ao ler a matéria: Os anos 1980 fizeram Brasília ser conhecida como a capital do rock no Correio Brasiliense óbviamente lembrei de minha adolescência na capital e de um marco histórico quando existia o estádio Mané Garrincha. Eu e Gim meu irmão( Jorge Viana) chegamos cedo, era umas 14h, num sábado frio e seco comum na capital federal. Ouvimos toda a passagem de som (ensaio) e ficamos eufóricos. Quando os portões se abriram corremos no meio do gramado. Lá estávamos para assisti a maior banda de todos os tempos. Já a noite com poucas músicas cantadas o Renato pára uma das canções e se mete numa briga no meio da galera. A turma começou a vaiar e atirar garrafas e latas ao palco, até que Renato leva uma garrafada caindo ao palco e neste momento começou uma guerra campal. Eu era militar do Exército e sabia da fama da polícia montada de Brasília-DF (Veraneio Vascaina) quando vi os cavalos entrando no gramado do Mané Garrincha puxei o Jorginho e corremos para o alto das arquibancadas, nesse dia a paz não foi cantada.
Licença Creative Commons
O trabalho O útimo show de Sandro Viana foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em http://www.sandroviana.com/2013/03/o-ultimo-show.html.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://www.sandroviana.coml.

Você entende o que canta?

"Música para compor o ambiente Música para escovar o dente Música para fazer chover Música para ninar nenê Música para tocar...