quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Fé de mais ou Ignorância?

Sofro muito quando escuto pessoas em suas angustiosas confissões declaram pedindo a Deus que lhes auxiliem em sua vida cristã. Pedem por sua vida espiritual rogando a Deus que lhes aumente a fé!
Fé todo ser humano tem! Basta saber para onde ela o conduz e o que ela faz de você.

Socialmente hoje a compreensão de fé é ter a não ser o que se crê! Está associada na ambiciosa e desenfreada relação mercantilista de trocas. Os homens entram com suas mais variadas intenções sacrificiais e Deus a obrigação de fazer. A fé foi taxada, quantificada, valorada do quanto se recebe. Infelizmente se você não se encaixar neste padrão de fé capitalizada você logo receberá o rótulo de fraco e sem fé.

Na contramão deste fenômeno religioso materialista a Bíblia revela homens e mulheres que foram usados por Deus eram pessoas comuns que mesmo com suas limitações e problemas entenderam que a expressão genuína de fé era obedecer somente as palavras de Deus! Não eram mega, high, super, hiper, ultra, power poderosas estrelas da fé, não batiam no peito e faziam publicidade de sua espiritualidade, simplesmente foram obedientes!
Muitas pessoas hoje sofrem por não entenderem o sentido correto da fé.
A Bíblia descreve claramente um grupo de pessoas que o mundo não os merecia! Como eram essas pessoas?

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Rótulos

Vermelho ou azul? Buda ou Cristo? Flamengo ou Vasco? Cristão ou animista? Ortodoxo ou liberal? Pentecostal ou tradicional? Ateu ou devoto? Sulista ou nordestino? Comunista ou capitalista? Zona sul ou norte? Interior ou cidade? Negro ou amarelo?

Independentemente de qual seja a sua resposta prontamente você receberá um rótulo que lhe será colado e que irá subjugar a sua dignidade reduzindo a sua personalidade o seu pensar a uma falsa e preconceituosa definição sobre você.

Lamentavelmente as pessoas são classificadas pela roupa que vestem, pela maneira como se expressam a cor da pele e socialmente nos é exigido um posicionamento para que sejamos direcionados a determinadas castas sociais, religiosas e politicas.

Não nascemos com rótulos como: Times do coração, partidos políticos e nem religião, mas somos influenciados a vida toda de forma sutil, explicita e propositalmente. Os seres humanos são por sua natureza (inata) seres religiosos, prontamente abraçaremos por influência dos nossos pais, parentes ou os mais velhos e amigos a todos os rótulos disponíveis que houver e logo se fixarão em nossas almas estigmatizando toda uma vida quer seja por intensa paixão e devoção mesmo que muitos não consigam ou saibam explicar por que torcem, creem, votam, confiam ou devotam toda uma existência.

Ironicamente nos ofícios fúnebres em cima de caixões vão bandeiras de times de futebol de escolas de sambas da profissão da instituição ou empresa que aquela pessoa mais amava. Se não fosse as circunstâncias e as oportunidades obtidas na vida as bandeiras com certeza seriam outras.

Você entende o que canta?

"Música para compor o ambiente Música para escovar o dente Música para fazer chover Música para ninar nenê Música para tocar...